Perguntas Mais Frequentes

Eu não tenho certeza se meu contrato de trabalho permite que eu preste consultoria externa. O que devo fazer?

Você deve consultar seu empregador para confirmar se você pode prestar consultoria através da Guidepoint. Ainda que a Guidepoint tome uma série de medidas para assegurar que as consultorias sejam realizadas de acordo com as leis e normas aplicáveis, você é inteiramente responsável por determinar se você pode prestar consultorias diante das circunstâncias no seu emprego.

Que devo fazer se eu for convidado para uma consultoria que diz respeito diretamente a meu empregador?

Você deve recusar e informar o motivo à Guidepoint. Os Termos e Condições da Guidepoint proíbem categoricamente que os consultores prestem consultorias que envolvam seus empregadores.

Se eu for perguntado sobre uma empresa para a qual prestei consultoria ou sobre um ensaio clínico no qual trabalhei, posso discutir o assunto?

Você deve rever cuidadosamente seus compromissos legais relativos às empresas para as quais prestou consultoria ou aos ensaios clínicos nos quais trabalhou. Algumas vezes, as empresas e os ensaios clínicos estabelecem limites de confidencialidade em seus contratos de consultoria que proíbem os consultores de divulgar ou discutir determinados dados. Em nenhuma circunstância você deve discutir dados privados de ensaios clínicos ou informações sobre experiências com pacientes. Da mesma forma, se você for membro da de Monitoramento da Segurança de Dados ou do Comitê de Liderança de Ensaios Clínicos, você deve recusar qualquer consultoria relacionada a ensaios clínicos atuais. Se você não tem certeza de que pode prestar uma determinada consultoria, você deve recusar-se a fazê-lo.

Se eu for perguntado sobre clientes ou fornecedores da empresa para a qual trabalho, posso discutir o assunto?

Depende das circunstâncias. Como regra geral, você pode conversar sobre uma empresa que for cliente ou fornecedor de seu empregador, contanto que você e sua empresa não tenham nenhum acordo de confidencialidade com aquela empresa e você não divulgue nenhuma informação dada à sua empresa como sigilosa. Entretanto, você não pode discutir sobre seu próprio empregador ou sobre informações confidenciais que dizem respeito ao seu relacionamento com o cliente ou fornecedor, tais como as compras do empregador’ com um fornecedor ou pedidos de um cliente. Por segurança, se você não tem certeza se a informação é confidencial ou, de algum modo restrita, você não deve divulgá-la.

Posso discutir os detalhes das consultorias e pesquisas dos clientes com terceiros?

Não. Suas consultorias com clientes da Guidepoint são estritamente confidenciais. Você não pode divulgar a identidade de um cliente, os assuntos discutidos ou quaisquer materiais fornecidos a você por um cliente. Do mesmo modo, você não deve compartilhar as pesquisas fornecidas a você pela Guidepoint.

Se eu for perguntado sobre algo que pode levar à revelação de informações substanciais não públicas ou confidenciais, como devo responder?

Você deve explicar que não pode responder à pergunta porque isso levaria à revelação de informações confidenciais. Se você não estiver à vontade para continuar a consultoria, você pode terminá-la e emitir a respectiva fatura para a Guidepoint. Ao perceber que um cliente está tentando obter de você informações substanciais não públicas ou confidenciais, notifique o fato imediatamente à Guidepoint.

O que é informação substancial não pública?

“Informação substancial não pública” é a norma legal para informações que podem dar origem à responsabilidade na negociação com portador de informações privilegiadas se utilizadas. A informação é “substancial” se “houver uma forte probabilidade de que um razoável acionista considerá-la importante” para decidir sobre a compra, venda ou retenção de uma garantia (por exemplo, uma ação ou título). Para atender o limite de privilégio, deve existir “uma forte probabilidade” de que um fato “teria sido visto por um razoável investidor como causa de alteração significativa do mix ‘total de informação disponível.” A informação pode ser considerada privilegiada ainda que esteja relacionada a eventos especulativos ou contingentes.

A informação é considerada como “não pública” a menos que, e até que, seja amplamente disseminada ou abertamente disponibilizada para o público em geral. Os meios de disseminação podem incluir os arquivos públicos, cobertura pelas principais organizações jornalísticas, postagem em sites com amplo acesso, publicação em relatórios de pesquisa e circulação em materiais de procuração. Mesmo que haja um anúncio público sobre uma matéria específica, aspectos não divulgados dessa matéria podem permanecer “não pública” para fins de seguranças legais.

Por segurança, você não deve divulgar nenhuma informação confidencial de uma empresa. É difícil determinar o privilégio de fatos particulares isoladamente e você não deve tentar fazer isso. Por outro lado, você deve recusar qualquer projeto ou questionamento que possam envolver a divulgação de informações confidenciais.

Quando, no modo online, clico em “Concordo” com os Termos e Condições da Guidepoint, eu estou legalmente obrigado a cumpri-los?

Sim, você está legalmente limitado. O clique em “Concordo” é o equivalente legal à assinatura de um contrato em papel com os Termos e Condições e espera-se que você os respeite completamente.

Se eu me tornar um consultor, estou proibido de prestar consultorias para clientes que não são da Guidepoint?

Não. Você pode continuar prestando consultoria para os seus clientes e pode conquistar novos clientes livremente. A Guidepoint pede apenas que você continue a trabalhar para ela com aqueles clientes aos quais nós o apresentamos primeiro. No caso de grandes clientes corporativos, é possível que você tenha um relacionamento existente com uma determinada divisão e ser apresentado pela Guidepoint aos funcionários do cliente em outra. Essas situações serão avaliadas caso a caso.

Posso atuar como consultor para outra empresa de pesquisa direta?

Sim. A Guidepoint pede apenas que você continue a trabalhar para ela com aqueles clientes aos quais nós o apresentamos primeiro.

Links importantes